A SOLIDARIEDADE DOS PAULISTANOS COM AS FAMÍLIAS ACAMPADAS 4º DIA

31/08

Está será nossa 4ªa noite dormindo na rua. A prefeitura continua calada, mas a solidariedade que temos recebido aumenta a cada dia. Hoje recebemos telefonema de empresários peocupados com a situação das crianças, depois de lerem a matéria da F. de S.Paulo sobre a Julinha ter perdido um dia de aula. Outro momento muito emocionante foi a visita de estudantes da Escola Técnica Paula Souza – Tiradentes. Foi emocionante para eles e para nós. Ontem à noite também o encontro com out

ro grupo de estudantes foi muito marcante. As doações tem ajudado muito mas a solidariedade coloca nosso espinhaço de pé, restaura a dignidade de quem foi jogado na rua com seus filhos. Restaura as forças pra lutar por nosso direito de morar. Trabalhamos, pagamos impostos e temos direitos. Não queremos morar de graça, queremos programas habitacionais com prestações que sejam compatíveis com os salários pagos aos trabalhadores que constroem esta cidade e o país. Queremos atitude dos administradores desta cidade. Estamos aqui na calçada enquanto inúmeros prédios ficam vazios por 5, 10, 20, 30 anos. Seus “donos” nem o IPTU pagam, ficam esperando o melhor momento para negociar e ganhar muito dinheiro. Moradia é direito garantido na Constituição.

_______________________

30/08
Final de mais um dia na rua. A Prefeitura de São Paulo até agora não tomou conhecimento das crianças, idosos e trabalhadores que estão ao relento. Mas o povo bom desta cidade sim. Agradecemos de coração toda a solidariedade que temos recebido. Estudantes, jornalistas, transeuntes. O dia inteiro não faltou quem passasse para prestar solidariedade às famílias abandonadas nesta situação pela Prefeitura de São Paulo por falta de política de moradia. Durante a noite esfria muito. Hoje providenciamos o reforço de mais uma lona para proteger as crianças. Amanhã é dia de aula para elas e de trabalho para seus pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *